quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

Canção

Se parar no infinito da saudade
E pensar que está perpetuando,
Se pensar que amar demais é provar
E achar que está perdoando,
Tente lembrar que vida é tudo.
Tudo que move e anda
Corre, circunda e muda.
Muda de cor e sentido,
Transforma saudade em poesia
Transforma amor em melodia
Transforma conceito em linha
Certezas em escultura vazia.
Saudade é pra quem tem (*)
Amor é para quem doa
E o meu, dou-te mais uma vez. (*)
(*) Trechos extraídos da música "Meu amor é teu" de Marcelo Camelo.

Leticia Duns

Um comentário:

TIAGO COSTA ILUSTRA disse...

No silencio ouvi a canção
Busquei lá no fundo a sua voz
Avistei a luz intensa do amor
Que preenche o meu ser

Agora só quero sentir e cantar
Essa melodia de notas suaves
Deixe me deixar levar
Quero apenas sorrir sem lamentar

Le, Muito Obrigado por nos presentear.


Parabéns