terça-feira, 25 de maio de 2010

Trovões

Penso que se pelo passo
Que o passo caminha
Estão por vir ventanias
É bom sinal de tempestades
Regadas a palavras jogadas
Como quem não quer nada
Como quem não quer aparecer
Mas quer ser apreciado...


Leticia Duns.

5 comentários:

Fernando. disse...

Porra Letícia! esqueceu que eu leio o blog é? Fica aí postando essas coisas difíceis de entender. Tive que ler e reler muitas vezes para entender. Sou homem ô.

Como sempre você me encanta com suas palavras. É difícil observar certos sinais e tentar prever o que está por acontecer, mas temos que fazer aquela "forcinha". Talvez por que as vezes devemos esquecer a razão e não tentar observar, mas sim, sentir o que acontece a nossa volta.

Beijos

PS: Tem mais 2 selos para você no blog, quando der passa por lá.

Leticia Duns disse...

kkkk, Fe, acho que sou muito enigmática às vezes, mas é disso que gosto...

Pode deixar que pegarei os selos sim e muito obrigado sempre !

Bjs
Le.

T. Greguol disse...

Bom!

Lívia Inácio disse...

Gostei do jogo de palavras!

Coferiu uma maior profundidade ao poema!

Bjinhos***

Débora Cristina Vasconcelos disse...

Detonou! Extraordinário! Apaixonante!

Parabéns, flor!

Bjs