segunda-feira, 2 de abril de 2012

Não sou mais quem fui

Existir nas sensações
Andar nas linhas
Descobrir suas rimas
Relembrar emoções

Viver em canção
Em tom
Em qualquer coração
Num caminho de som

Pensei em criar
Rimando idades
Cantando saudades
Decifrando olhar 

Mas acabei cantando
Casa Caiada *
Esquecendo...
Sempre parada.



* Casa caiada é música da banda pernambucana Mombojó.
O título desta poesia é parte integrante da música Casa Caiada.

Leticia Duns

Um comentário:

aRTISTA e aRTEIRO - Rubem Leite disse...

Casa caiada
singela alma retratada
palavra não calada