segunda-feira, 25 de outubro de 2010

Sinto

Subir pra perto do céu
Sentir a força do vento
A sensibilidade da neblina
A vontade da noite
A vitalidade do dia
A delicadeza da flor
O néctar da fruta
A maciez da grama
A correnteza d'àgua
As energias vibrantes
As cores tocantes
E assim...
Sentir,
O aconchego dos braços
Afagos e beijos
Esse amor que toca por inteiro
Soa melodias apaixonadas
E tocam sempre que te sinto
Sentir,
Te sinto como os elementos naturais
Como as forças sobrenaturais
Nos itens que me compõe
Na esperança que se constroe
E é sempre assim
Quando te sinto.

Leticia Duns

5 comentários:

Débora Cristina Vasconcelos disse...

Nossa Lê que lindo...
A visita onte foi maravilhosa...vou sentir tanta falta disso...ai, ai será que eu sobrevivo?

Bjss

Débora Vasconcelos
www.extremosdemim.blogspot.com

TIAGO COSTA ILUSTRA disse...

sentir a energia circulando pelos corpos, ouvir o pulsar intenso dos pulmões.
dormir de mãos dadas, acordar com a felicidade estampada no rosto.
falar baixinho somente para vc escutar.
penso em vc, respiro vc, sinto vc.

Lê, simplismente LINDOOOOOO.


BJS
TE AMO

Fernando. disse...

Ah Lê!
Você tem um talento incrível.
sempre me encanta com o que escreve.

Beijos

Edson disse...

Lindo !!

Soa como musia ...

Parabens pela atitude !!

Abraços.

Leticia Duns disse...

Galera que alegria me dá de receber comentários tão sinceros !!! Isso me incentiva cada vez mais... Estava com saudades disso !

Dé, Fê, Edson e Ti, muito obrigado!

Bjs, Le.